Pois é. Certas coisas podemos fazer na nossa própria casa para aumentar e otimizar o funcionamento do nosso iPhone.

E uma delas é limpar memória. Realmente não precisamos de nenhum técnico para fazer isto. E isto faz muito bem para nossa aparelho.

Sem dizer que você pode corrigir até alguns problemas com esta providência, como por exemplo quando ele começa a travar demais, ou se ele se encontra muito lento.

Enfim, vamos abordar tudo o que você precisa saber sobre este assunto neste artigo. E, se você precisar de algo mais complicado do que limpar memória do iPhone, aí não tem jeito – vai ter que procurar uma assistência técnica de verdade.

E não pode ser qualquer empresa. Tem que ser uma competente, que tenha confiabilidade no mercado, e que vai resolver seu problema em temo recorde. Ou seja, você precisa da AKIRATEK.

Nós vamos voltar para isso mais à frente. Mas antes, vamos falar tudo o que você precisa saber sobre limpar memória de iPhone.

Limpar memória do iPhone

À medida que você usa seu iPhone, ele é preenchido com todo tipo de coisas: aplicativos, fotos, vídeos, mensagens. 

E tudo bem, mas também é preenchido com coisas sobre as quais você tem pouco controle e não precisa necessariamente.

Se você já verificou seu armazenamento, sabe que existem categorias que são vagamente denominadas, que geralmente ocupam mais espaço do que as fotos. 

Mesmo se você tiver bastante espaço de armazenamento no telefone, saber que algumas coisas não especificadas estão entupindo pode ser frustrante. 

Então vamos entender como limpar memória do iPhone e como isso pode ajudar a deixar seu telefone mais rápido e eficiente.

 

Limpar memória: O que é o cache do iPhone e porque deveríamos nos preocupar em limpá-lo?

O iPhone cria um cache sempre que você o usa. Os arquivos são criados por aplicativos e contêm dados que os aplicativos usam quando executados.

O cache de um navegador da web contém arquivos temporários. Esse é um tipo comum de cache, mas todos os tipos de aplicativos e o sistema operacional do iPhone também têm caches.

O cache é uma parte importante e útil do seu iPhone. Ele contém os arquivos necessários e, em alguns casos, acelera seu telefone. Há dois motivos principais para limpar o cache do iPhone.

Primeiramente, os arquivos ocupam espaço de armazenamento no iPhone e, com o tempo, aumentam. 

Se você deseja liberar espaço de armazenamento no seu iPhone, limpar o cache é uma maneira de fazê-lo. 

Parte disso é feita automaticamente pelo sistema, mas, se não o fez, você pode fazê-lo manualmente.

O outro motivo para limpar o cache do iPhone é que, às vezes, os arquivos em cache diminuem a velocidade do telefone ou fazem com que as operações se comportem de maneiras que você não deseja, se não os limpa regularmente.

Existem vários tipos diferentes de caches no iPhone. Não é possível executar uma única etapa para limpar todos eles.

 

Limpar memória: Cheque o uso total de dados

Para verificar o uso atual de armazenamento, vá para Configurações –  Geral – Estatísticas – Armazenamento e uso do iCloud – Gerenciar armazenamento. Você encontrará aí os maiores drenadores de espaço do seu iPhone.

Na parte superior, você verá um gráfico de barras com código de cores que descreve quanto espaço determinadas categorias de aplicativos estão ocupando no seu dispositivo.

Se você simplesmente deseja ter limpar memória e ter espaço livre suficiente para poder tirar novas fotos e instalar novos aplicativos sem se preocupar em encontrar um obstáculo, dê a si mesmo pelo menos 2 GB de espaço livre.

Observe que, quando você adiciona o espaço disponível e o espaço usado, eles não somam o tamanho total do telefone, pois não incluem o espaço usado pelo sistema operacional. 

Sabe-se que músicas e fotos exigem mais memória. Então, vamos ver isso em detalhes. Primeiro, se o Photo Stream estiver ativado (Configurações — Foto e câmera – My Photo Stream), todas as fotos serão armazenadas no iOS duas vezes: a própria foto e um ícone de cada foto do iCloud.

Simplesmente desligar o controle deslizante de “Upload to My Photo Stream” economizará um terço do armazenamento ocupado por suas fotos.

Se você precisar manter suas fotos no iCloud, ative o controle deslizante “Configurações – Foto e câmera – Biblioteca de fotos do iCloud”. 

Nesse caso, quando conectado a uma rede Wi-Fi, suas fotos e vídeos serão automaticamente carregados no iCloud. 

A Biblioteca do iCloud não apenas salva suas fotos e vídeos, mas também permite que você salve visualizações de imagens no seu iPhone, enquanto a mídia em tamanho real é mantida no iCloud. 

 

Limpar memória: encontre aplicativos que tomam muito espaço, e então delete-os ou simplesmente desabilite-os temporariamente

Se você continuar rolando para baixo em Armazenamento, verá uma lista de todos os seus aplicativos, na ordem de quanto espaço eles consomem.

Selecione qualquer aplicativo e uma nova página mostra o uso em duas partes: a quantidade de espaço que o próprio aplicativo usa (em cinza claro na parte superior) e o espaço usado pelos dados e documentos do aplicativo. 

Às vezes, essas informações ajudam a ver que não é o aplicativo que ocupa espaço, mas o que você armazena nele. Então você pode apagar o conteúdo destes aplicativos sem mexer no seu funcionamento.

Voltando para página de armazenamento do dispositivo, procure os aplicativos que você não usa. 

É muito mais fácil fazer isso aqui do que nas telas iniciais, onde os aplicativos provavelmente estão espalhados por várias páginas e agrupados em pastas.

Se você encontrar aplicativos desnecessários, toque neles e selecione Excluir aplicativo.

 Qualquer aplicativo que você comprou está sempre disponível para fazer o download novamente sem nenhum custo extra na App Store.

Para excluir aplicativos da tela inicial, coloque o dedo em um aplicativo que deseja excluir e mantenha pressionado. 

Os aplicativos começarão a se mexer e um pequeno X aparecerá em cada ícone. Pressione o X e confirme para excluir. 

Mas, se você deseja desativar temporariamente um aplicativo sem excluir suas configurações, como quando você precisa limpar memória para instalar uma atualização do iOS, a Apple permite apenas descarregá-los.

 Eles permanecerão na tela inicial, mas você precisará tocar novamente para fazer o download e voltar a entrar. 

Encontre o aplicativo na lista de armazenamento, toque nele e selecione Descarregar aplicativo.

Você também pode configurar a remoção automática de aplicativos que não usa com frequência. 

Vá para Configurações – Geral – Armazenamento do iPhone – Descarregar aplicativos não utilizados e toque em Ativar.

 

Limpar memória: Se livre das mensagens e esvazie o cache do seu navegador

A menos que você goste de manter as conversas por motivos sentimentais (ou legais), exclua todas para liberar espaço.

Se você gosta de viver perigosamente, defina os textos para excluir automaticamente. Vá para Configurações – Mensagens – Histórico de mensagens e escolha manter as mensagens por 30 dias ou um ano.

Uma última dica para limpar memória do seu iPhone ou é o cache do navegador Safari ou de outros navegadores móveis que você usa. 

Para o Safari, vá para Configurações – Safari. Toque em Limpar histórico e dados do site.

Para o Chrome no iOS, abra o aplicativo, toque nos três pontos no canto inferior direito e selecione Histórico. 

Em seguida, toque em Limpar dados de navegação para apagar tudo ou em Editar para apagar sites específicos. Você também pode navegar para Configurações – Privacidade – Limpar dados de navegação, o que permitirá excluir o histórico de navegação, cookies e dados do site, imagens e arquivos em cache, senhas salvas e dadas de preenchimento automático – ou tudo de uma vez.

 

Limpar memória: Se livrando de arquivos ocultos

O iPhone pode continuar mantendo ocultos arquivos imensos e desnecessários com o tempo, e para eliminá-los também é bem simples.

É só baixar um dos diversos limpadores que você encontra na AppStore, alguns até de graça, que certamente você vai se ver livre deste problema.

Um muito bem avaliado é o Tenorshare iCareFone, que inclusive está disponível gratuitamente.

Mas, se você precisa de algo maior do que simplesmente limpar memória do iPhone, vai precisar da AKIRATEK!

 

Akiratek: a sua assistência técnica de confiança

Não é apenas com o iPhone, mas qualquer marca pode ter os reparos da AKIRATEK, como por exemplo:

  • Motorola;
  • Samsung;
  • CCE;
  • Ericsson;
  • Motorola;
  • Nokia;
  • LG;
  • Phaser;
  • Acer.

E muito mais. com o melhor custo benefício do mercado, garantia e o atendimento mais rápido, não existem motivos para procurara outro lugar: A solução é AKIRATEK!

Então vamos ver abaixo onde você pode encontrar as lojas da AKIRATEK:

 

    Limpar memória: Onde encontrar loja de conserto de celular em Porto Alegre

  • No Carrefour do Partenon, na Rua Albion, 111;
  • No Carrefour Passo d’Areia, na Avenida Plínio Brasil Milano, 2343.

Limpar memória: Onde encontrar loja de conserto de celular em Canoas

  • Loja CNS – Carrefour Canoas: Rua Mathias Velho, nº 555, bairro Mathias Velho.

 

Limpar memória: Onde encontrar loja de conserto de celular em Gravataí

  • Loja GRV – Carrefour Gravataí: Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 165, Bairro Cohab. 

 

Limpar memória: Onde encontrar loja de conserto de celular em Caxias do Sul

Loja CXS – Carrefour Caxias do Sul: Rodovia RS 122 km, 12.5 km, lt2, Qd 2401, bairro Distrito Industrial.

Limpar memória: Onde encontrar loja de conserto de celular em Santa Maria

  • Loja SMA – Carrefour Santa Maria: Avenida Rio Branco, nº 732, Centro.

E mesmo se você precisar de uma loja de conserto de celular e não estiver no estado do Rio Grande do Sul, é só entrar no site da AKIRATEK e fazer um orçamento grátis.

Qualquer problemas que você tenha com seu iPhone, não hesite, vá de AKIRATEK!

 

Existe um descompasso entre o nosso consumo de tecnologia e o entendimento do seu funcionamento.

Podemos postular, com tranquilidade, que um homem que vivia no século XVIII tinha provavelmente mais domínio da tecnologia da sua época do que nós temos da nossa.

Afinal de contas, mal sabemos como realmente funcionam as coisas que nos cercam. 

A escalada de complexidade é tão grande que acabamos perdendo o fio da meada, e tão somente se aproveitando dos benefícios que os produtos eletrônicos nos oferecem.

Poucos de nós conseguiríamos consertar a própria televisão, ou microondas, ou até mesmo o celular. Ou sequer sabe o que é firmware do celular.

Este artigo visa esclarecer um pouco mais sobre este ponto, para que assim tenhamos um conhecimento maior sobre este objeto que anda conosco 24 horas por dia, além dos problemas que podem acontecer com o firmware do celular e quem chamar para consertar.

Por isso, fique atento e leia até o final! Tenho certeza de que não vai se arrepender.

 

O que é Firmware do celular?

Você provavelmente já ouviu falar sobre Firmware do celular em algum momento. Parece um nome estranho, não é? 

O que é firmware do celular? Qual o significado desse termo? O que o firmware faz? Como o firmware funciona? 

O firmware é crítico quando se trata de dispositivos de hardware de todos os tipos, de smartphones a TVs inteligentes, a máquinas de lavar e outros dispositivos. 

Então, fica claro que devemos conhecer mais sobre firmware do celular, já que ele é um componente essencial do nosso aparelho. Então vamos entender do que se trata isso.

Sem Firmware nada funciona

O firmware é um pequeno pedaço de software que faz o hardware funcionar e faz o que seu fabricante pretendia.  Consiste em programas escritos por desenvolvedores de software para deixar os dispositivos de hardware ativos e eficientes.  Sem firmware, a maioria dos dispositivos eletrônicos que usamos diariamente não seria capaz de funcionar. Eles não fariam nada.

Por exemplo, você sabia que um simples semáforo possui firmware? Sim, e o firmware é o que diz para mudar as luzes em intervalos regulares. 

Sem firmware, o semáforo seria apenas um mastro com luzes coloridas, colocado ao lado da estrada, sem fazer nada, exceto parecer entediado.

 Para dispositivos de hardware menos sofisticados, como semáforos, lavadoras de roupas, máquinas de cartões, câmeras de vigilância, TVs e assim por diante, o firmware é todo o software neles e também atua como um sistema operacional, controlando tudo sobre o funcionamento desse dispositivo.

Para tornar as coisas ainda mais claras, vamos dar outro exemplo: uma placa-mãe do computador sem firmware não saberia como detectar o disco rígido ou a placa de vídeo encontrada dentro do seu computador. 

Se suas unidades não possuírem firmware embutido, elas não saberão com que velocidade girar ou quando parar. 

Uma placa de rede sem fio não saberia como usar uma frequência de rádio específica.

Para hardwares mais complexo, como smartphones, tablets, TVs inteligentes e assim por diante, o firmware é o intermediário entre o hardware e o sistema operacional. 

Nesses dispositivos, o firmware do celular contém apenas as instruções necessárias para o hardware operar com o sistema operacional instalado no dispositivo. 

Por exemplo, em um smartphone Samsung Galaxy com Android, o firmware no smartphone permite que o hardware se comunique corretamente com o sistema operacional Android e faça o que é solicitado pelo usuário.

Geralmente, pensamos em um dispositivo de hardware como um dispositivo que é apenas hardware. 

E assumimos que ele simplesmente funciona por si só. No entanto, quase nenhum dos dispositivos de hardware modernos funcionaria sem esse software específico, gravado diretamente neles.

Onde fica armazenado o firmware do celular?

Agora sabemos que firmware é um software gravado diretamente em nossos dispositivos de hardware. 

Mas como exatamente ele é armazenado em um dispositivo? O firmware é geralmente armazenado em tipos especiais de memória, chamados flash ROM. 

ROM é a sigla para Memória Somente para Leitura em inglês e esse tipo de memória deve ser gravada apenas uma vez, geralmente pelo fabricante do hardware que estamos usando. 

É necessária uma memória ROM para qualquer dispositivo eletrônico, pois ele deve reter os dados permanentemente, mesmo quando o dispositivo está desligado ou quando há uma queda de energia. 

Você não pode produzir um dispositivo de hardware que esqueça seu firmware, pois ele deixaria de funcionar depois que você retirasse sua fonte de energia, ou quando a bateria acabasse.

Mas, novamente, a memória flash ROM é uma memória ROM regravável porque, embora seja inicialmente escrita pelo fabricante do hardware, pode ser reescrita posteriormente. 

Obviamente, você pode gravar um novo firmware em um dispositivo de hardware. 

No entanto, você pode fazê-lo apenas com uma ferramenta de atualização de firmware adequada, projetada especialmente para funcionar com esse dispositivo de hardware.

 

É possível atualizar o firmware do celular? E como fazê-lo?

Muitos fabricantes lançam atualizações regulares para o firmware encontrado em seus dispositivos de hardware. 

Eles também fornecem as ferramentas de software necessárias para gravar o novo firmware nesses dispositivos. 

No entanto, cada fabricante pode escolher se lança ou não um novo firmware para um dispositivo individual.

Para dar um exemplo, o fabricante da sua placa-mãe pode lançar novas atualizações de firmware quando desejar incluir novos recursos, suportar novos processadores ou RAM, ou quando desejar resolver problemas específicos com o seu hardware.

Qualquer fabricante pode optar por fornecer um novo firmware para seus dispositivos: um roteador pode receber uma atualização de firmware que aprimora sua estabilidade, um gravador de DVD pode aprender como gravar novos tipos de discos e assim por diante.

Mas para obter uma atualização de firmware do celular, você vai depender do fabricante do seu dispositivo.

Normalmente, você pode encontrar um novo firmware (se disponível) no site de suporte do seu dispositivo. 

Procure uma página de download, faça o download do seu novo firmware e tenha o cuidado de seguir a documentação de atualização oferecida pelo fabricante do aparelho.

Por exemplo, no caso do Android, as atualizações são um grande tema de discussão.

Uma das ferramentas que você pode usar para dar uma atualizada no seu firmware de celular Android é a Odin, da Samsung.

Antes mesmo de fazer isso, é importante checar se você já recebeu uma atualização. Geralmente os smartphones Android mandam notificações com atualizações.

Primeiramente, cheque a atualização do seu telefone. Vá em Configurações – Atualização de software – Verificar atualizações.

E depois clique em ok. Veja se existe alguma disponível. Caso contrário, seu telefone está atualizado.

Mas, se mesmo assim ele diz que está atualizado, mas você sabe que existe uma atualização para o seu telefone, você pode fazer isso através da ferramenta Odin.

Lembre-se que este procedimento pode ser perigoso, e se cometer erros pode acabar danificando seu celular.

Então, para que arriscar? O ideal é levar para uma assistência técnica de confiança, que faça o serviço para você pelo preço justo: AKIRATEK!

 

Akiratek: o lugar certo para você atualizar firmware do celular

Por vezes, quando falamos de firmware do celular, falamos em correr riscos, deveras desnecessários, se temos a AKIRATEK.

Lá, você vai encontrar o melhor custo benefício do mercado, o serviço mais ágil, profissionais altamente capacitados, e poderá fazer não apenas a atualização do firmware do seu celular, mas toda uma gama de serviços, para aparelhos de todas as marcas!

Então não perca tempo e entre em contato hoje mesmo com uma das lojas da AKIRATEK!

 

Fimware do celular: Onde encontrar loja de conserto de celular em Porto Alegre

  • No Carrefour do Partenon, na Rua Albion, 111;
  • No Carrefour Passo d’Areia, na Avenida Plínio Brasil Milano, 2343.

 

Fimware do celular: Onde encontrar loja de conserto de celular em Canoas

  • Loja CNS – Carrefour Canoas: Rua Mathias Velho, nº 555, bairro Mathias Velho.

 

Fimware do celular: Onde encontrar loja de conserto de celular em Gravataí

  • Loja GRV – Carrefour Gravataí: Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 165, Bairro Cohab. 

 

Fimware do celular: Onde encontrar loja de conserto de celular em Caxias do Sul

Loja CXS – Carrefour Caxias do Sul: Rodovia RS 122 km, 12.5 km, lt2, Qd 2401, bairro Distrito Industrial.

 

Fimware do celular: Onde encontrar loja de conserto de celular em Santa Maria

  • Loja SMA – Carrefour Santa Maria: Avenida Rio Branco, nº 732, Centro.

 

E para atualizar o firmware do celular, ou qualquer problema que você venha a ter, e não estiver no estado do Rio Grande do Sul, é só entrar no site da AKIRATEK e fazer um orçamento grátis.

Se você tem um smartphone Xiaomi, nada mais justo que você adquira também uma capa de celular Xiaomi. Até porque o simples fato de você comprar uma capa para celular já é uma ajuda contra as intempéries que ele, fatalmente, irá sofrer.

Por levamos nossos smartphones em todos os lugares: no bolso, na bolsa, no carro, deixando que ele interaja com chaves e outros objetos que podem acabar riscando o celular.

 

E você leva o smartphone para escola, faculdade, trabalho, academia e, depois de tanto carregá-lo para cima e para baixo, é absolutamente natural que você o deixe cair no chão em algum momento.

Então, como proteger seu smartphone Xiaomi, que está com todas informações, e que você usa constantemente durante o dia? Com uma capa de celular Xiaomi.

Então vamos mostrar neste artigo onde comprar este acessório tão importante. Mas antes, vamos falar um pouco do smartphone Xiaomi Mi A2.

Capa para celular Xiaomi: celulares que valem a pena comprar – Xiaomi mi A2

Design Xiaomi

O Mi A2 é um telefone de boa aparência nesta faixa de preço e é muito bem construído com seu corpo e botões de metal. 

Graças às molduras laterais finas e à alta taxa de proporção, este é um smartphone que pode ser facilmente mantido e gerenciado em uma mão, ficando mais compacto do que seu tamanho de tela de 5,99 polegadas pode sugerir.

Isto é claro, ajudado pela construção magra, cintura fina e bordas arredondadas. 

Há uma borda chanfrada entre a armação de metal e a tela de vidro, o que dá a impressão de um pouco de brilho.

Com 7,3 mm, o Mi A2 é bem fino, no entanto. O corpo não é suficientemente “gordo” para a porta USB-C. 

Isso não tem efeitos negativos, mas o cabo parece ficar bem mais firme durante o carregamento.

Com a câmera traseira, porém, e com duas lentes grandes, o conjunto se destaca do corpo em vez de oferecer um acabamento suave. 

Posicionado no canto superior esquerdo, ele balança um pouco em uma superfície plana, mas o fato de haver duas câmeras significa que a área elevada cobre uma superfície maior e, portanto, a torna mais estável do que se houvesse apenas uma.

A tela em si é muito boa, e como mencionamos possui painel de 5,99 polegadas com uma alta proporção de 18:9. Você certamente vai querer protegê-la com uma capa para celular Xiaomi

Ele tem uma resolução Full-HD+ de 2160×1080 pixels, que é o máximo que você verá em qualquer telefone Xiaomi, mas é alto o suficiente para uma reprodução muito clara do texto e das imagens. A densidade de pixels é 403ppi.

Este é um painel IPS, o que significa que as cores são muito realistas e os ângulos de visão são fortes. 

Ele tem uma taxa de contraste de 1500: 1 e, usando uma ferramenta Spyder, medimos o brilho máximo da tela em 369cd / m2. Isso é muito bom para um telefone com este preço.

Performance Xiaomi

Executando o processador Snapdragon 660 de gama média a 2.2GHz com gráficos Adreno 512 integrados e até 6GB de RAM, o Mi A2 é capaz de um desempenho diário forte. 

Este é o mesmo processador encontrado no Samsung Galaxy A9 e no Nokia 7 Plus.

Em termos de benchmarks sintéticos, suas pontuações gerais de desempenho são um pouco mais da metade do que os telefones mais caros que você pode comprar, mas significativamente mais altos do que a maioria dos telefones convencionais.

O que realmente conta, é claro, é o uso no mundo real, e o sistema operacional Android One limpo funciona muito bem neste hardware, sem nenhum atraso perceptível no uso.

Sua bateria de 3000mAh durou 5 horas e 35 minutos no teste de bateria, cerca de metade do resultado de 10 horas e 36 minutos do modelo Lite que tem uma bateria de 4.000mAh. 

A menos que você seja um usuário muito contumaz, ele deve durar um dia inteiro, mas não mais – e isso é surpreendente para um dispositivo Xiaomi.

Ele possui 64 GB de armazenamento interno, mas não há suporte para expansão através de microSD. 

Se você não acha que isso será suficiente, o Mi A2 também está disponível com 128 GB de armazenamento interno.

Conectividade Xiaomi

O SIM não aceita um cartão microSD, aceita um segundo SIM. Os telefones Dual-SIM estão se tornando cada vez mais populares. 

Ele possui sensor de impressão digital traseira. Você pode usá-lo para desbloquear o telefone, mas não espere usá-lo para pagamentos móveis.

 O Mi A2 também suporta o Smart Lock, que inclui reconhecimento facial e correspondência de voz, mas não a tecnologia sofisticada de sensor 3D que você tem smartphones de nível superior. Wi-Fi, Bluetooth e GPS estão presentes. 

 

Câmeras Xiaomi

É comum hoje em dia encontrar câmeras de lentes duplas em telefones econômicos. Menos comum é encontrar uma câmera dupla tão bem projetada em um celular barato.

O Mi A2 combina duas lentes Sony, 12Mp com abertura f / 1.75 e 1.25um pixels, e 20Mp com abertura f / 2.2 e 2.0, para produzir fotos e vídeos decentes.  É capaz de vídeo com resolução 4K ou 120fps em câmera lenta. A da frente é outra lente Sony 20Mp, desta vez com abertura f / 2.2 e 2.0um pixels.

Você encontrará o mesmo aplicativo de câmera que você faz em todos os telefones Xiaomi, mas sem o modo AI encontrado em dispositivos recentes.  Há a opção de ativar ou desativar o flash e o HDR na parte superior da janela de visualização, bem como uma variedade de filtros em tempo real.

As cores são muito realistas, e o Mi A2 é capaz de capturar detalhes suficientes para que você possa distinguir detalhes. 

 

Concluindo, o smartphone Mi A2 da Xiaomi é um bom celular para adquirir, já que seu custo benefício é excelente.

Mas, já que você tem um celular destes, é necessário ter uma capa para celular Xiaomi. Mas onde você pode encontrar elas pelo melhor preço? Leia a seguir para descobrir.

Akiratek: o melhor lugar para comprar capa para celular Xiaomi

Na AKIRATEK, você não apenas pode consertar seu celular de diversos problemas, como por exemplo:

 

  • Problemas com áudio;
  • Recuperação de backup;
  • Conserto de botões;
  • Reparos em placa lógica;
  • Aparelho travado no logo ou reiniciando;
  • Câmera não funciona;
  • Aparelhos que não ligam mais;
  • Trocas de tela.

E muito mais. Com técnicos altamente especializados, que utilizam apenas peças originais, e que tem o tempo de reparo mais rápido do mercado, a AKIRATEK também vende diversos acessórios importantes.

E a capa para celular Xiaomi é uma delas. E não apenas ela. Fones de ouvido, controles, caixas de som e muito mais podem ser encontrados nas lojas AKIRATEK. Você pode encontrá-las nos endereços abaixo:

Onde comprar capa para celular Xiaomi em Porto Alegre

  • No Carrefour do Partenon, na Rua Albion, 111;
  • No Carrefour Passo d’Areia, na Avenida Plínio Brasil Milano, 2343.

Onde comprar capa para celular Xiaomi em Canoas

  • Loja CNS – Carrefour Canoas: Rua Mathias Velho, nº 555, bairro Mathias Velho.

Onde comprar capa para celular Xiaomi em Gravataí

  • Loja GRV – Carrefour Gravataí: Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 165, Bairro Cohab. 

Onde comprar capa para celular Xiaomi em Caxias do Sul

  • Loja CXS – Carrefour Caxias do Sul: Rodovia RS 122 km, 12.5 km, lt2, Qd 2401, bairro Distrito Industrial.

Onde comprar capa para celular Xiaomi em Santa Maria

  • Loja SMA – Carrefour Santa Maria: Avenida Rio Branco, nº 732, Centro.

Então, se você quiser reparar qualquer problema no seu smartphone é só entrar no site, e pedir um orçamento grátis que a AKIRATEK estará à prestes para atender você!

E se você precisa comprar comprar capa para celular Xiaomi, não hesite, vá direto à AKIRATEK.

 

Carrefour celulares é uma grande opção para você encontrar a melhor assistência técnica! O quê? Você não sabia? Então continue lendo que certamente vai se surpreender.

Muitas pessoas já conhecem e fazem compras no Carrefour. E sabem que lá você pode encontrar de tudo.

Não apenas as coisas que encontramos em todo supermercado, como hortifrutigranjeiros, legumes, vegetais, carnes, bebidas e por aí vai.

Sem dizer que você também pode encontrar livros, carrinhos de bebê, roupas, eletrodomésticos, computadores, e até mesmo pneus!

Mas agora tem algo que eu acho que você nunca pensou a respeito. Lá você também pode encontrar a assistência técnica para seu celular!

Carrefour celulares: uma opção para encontrar a melhor assistência técnica do mercado

Lá no Carrefour você pode encontrar não apenas os melhores celulares disponíveis no mercado.

E de todas as marcas e preços que você procurar. São realmente muitas opções!

Lá você vai encontrar, só para citar algumas:

  • Samsung;
  • Apple;
  • Motorola;
  • Asus;
  • LG;
  • Xiaomi;
  • Multilaser;
  • Positivo;
  • Sony;
  • Lenovo;
  • Quantum;
  • Alcatel;
  • Lenoxx;
  • Blu;
  • Nokia.

E muito mais. Mas não é apenas isso. Você também pode encontrar lá uma assistência técnica que vai deixar o seu celular novinho em folha.

É lá por exemplo que você encontra a AKIRATEK! Fundada em 1979, é hoje uma das assistências técnicas mais consolidadas do Brasil!

Com qualidade e comprometimento, e mais de 90 mil clientes apenas no Rio Grande do Sul, ela tem uma equipe altamente qualificada que vai tratar do seu smartphone ou tablet com todo carinho.

E claro que todas estas marcas que você encontra no setor de Carrefour celulares você vai encontrar lá na AKIRATEK profissionais especialistas que possuem vasto entendimento sobre cada tecnologia.

Ficou curioso? Quer saber mais? Então continue acompanhando este artigo, porque agora vamos falar um pouco da história desta grande empresa francesa que está no Brasil atendendo sempre com qualidade os seus clientes à tantos anos: o Carrefour.

E, logo depois, voltaremos com mais informações sobre a AKIRATEK e em quais Carrefours você pode encontrar sua lojas.

Carrefour: a história de uma gigante

Carrefour surgiu em 1959 como uma colaboração entre dois empresários, Marcel Fournier e Louis Defforey, em Annecy, uma cidade no leste da França que se tornou cada vez mais industrializada desde a Segunda Guerra Mundial.

Os dois homens vinham de famílias bem-sucedidas e empreendedoras, e cada um deles estava ansioso para expandir seu próprio negócio construindo grandes supermercados.

O serviço gratuito e os supermercados

Na década de 1950, a indústria francesa de supermercados consistia principalmente em operações familiares.

As mercearias tradicionais, comprometidas em fornecer uma variedade de produtos de alta qualidade, representavam 83% das vendas de alimentos.

No entanto, à medida que menos jovens ingressavam nas empresas familiares, e os sindicatos de mercearias, atacadistas independentes e cooperativas de alimentos aumentaram em número, surgiu a necessidade de alternativas para os mercados menores.

Ao mesmo tempo, grandes lojas de departamentos, geralmente localizadas no centro das cidades, muitas vezes se mostraram inconvenientes, e os altos preços cobrados por itens de luxo e serviços de valor agregado levaram os consumidores a buscar em outros lugares itens não alimentícios.

Leia também: Como tirar risco de celular Samsung
Leia também: Como arrumar celular com mal contato

Além disso, o conceito de serviço gratuito estava se tornando cada vez mais popular.  O serviço gratuito, predominante no varejo na década de 1990, foi inventado em 1916.  Antes de sua instituição, os consumidores dependiam fortemente da assistência de funcionários de vendas na seleção e obtenção de mercadorias.

Sob o sistema de serviço gratuito, no entanto, os clientes usavam sacos, carrinhos ou cestos para coletar suas necessidades – colocados ao alcance e com preço individual – enquanto os balconistas de vendas serviam basicamente como caixas.O supermercado, que apareceu pela primeira vez na França em 1954, usou o conceito de serviço gratuito.

Com instalações maiores localizadas fora do centro das cidades, os supermercados poderiam fornecer produtos mais frescos, uma variedade maior de produtos e preços mais baixos do que a mercearia tradicional.

No final da década, no entanto, apenas 33 supermercados de serviço gratuito estavam em operação na França.

A criação do Carrefour

Assim, em maio de 1959, Fournier e Defforey decidiram incorporar esses conceitos praticamente inexplorados à sua loja em Annecy.

Uma oferta de 7.000 ações foi feita a dez acionistas, e uma instalação já em construção em Annecy foi comprada.  O térreo do prédio seria usado como supermercado, enquanto os andares superiores, contendo apartamentos, seriam vendidos para ajudar a financiar o negócio.

Marcel Fournier foi eleito presidente e Denis Defforey, filho de Louis, foi escolhido como diretor geral.  Fournier nomeou o negócio Carrefour, a transliteração francesa da palavra grega agora, ou mercado.

O sucesso do Carrefour foi baseado em:

  • Preços com desconto;
  • Descentralização da energia;
  • Ênfase reduzida nos custos de estética e equipamentos;
  • Acelerada rotação de estoques.

O hipermercado atraiu os jovens e os novos habitantes do subúrbio, bem como o consumidor preocupado com o orçamento, afetado pelas altas taxas de inflação nos anos 60.

As inovações do Carrefour em:

  • Pesagem;
  • Preço;
  • Embalagem;
  • Desconto;
  • Refrigeração.

Tornaram seu hipermercado parte integrante da revolução que se seguiu no varejo francês. Nem todos, no entanto, ficaram satisfeitos com esses desenvolvimentos.

A empresa teve um efeito adverso sobre as pequenas empresas, e um sindicato independente de açougueiros bloqueou os caminhões do Carrefour em um abatedouro em 1964 para protestar contra os descontos da loja.

Além disso, alguns reclamaram que fazer compras no hipermercado era uma experiência impessoal, sem o tradicional relacionamento entre o lojista e o cliente fiel.

Mas o Carrefour superou estes obstáculos e se consolidou como uma das grandes redes de supermercados de todo mundo.

 

O Carrefour no Brasil

O Carrefour chegou no Brasil em 1975, trazendo o famosos slogan “é mais barato mesmo” e instalando sua primeira loja em território nacional em São Paulo, em uma área de 11.000 m².

Tudo isto fez parte de um grande plano de crescimento internacional, que sempre priorizou, em cada país que chegava, os produtos locais, ao invés de trazer produtos franceses.

Apenas três meses depois da chegada em São Paulo, ele chegou ao Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca.

Logo em algum tempo depois, o Carrefour ficou conhecido como “Boulevard das compras”.

Uma coisa notável na administração do Carrefour é que os cargos de gerência e chefes de seção começaram a gradualmente ser ocupados por brasileiros.

Os números do Carrefour no Brasil

O Carrefour comprou em 2007 a rede Atacadão, iniciando assim um novo formato de loja e expandindo o mercado.

Segundo os números da revista Exame (que podem ser conferidos aqui) os números do Carrefour são:

  • Realizou a IPO na Bolsa de valores em 2017, movimentando um valor de R$5.125 bilhões, e é a maior abertura de capital na Bolsa brasileira desde 2013;
  • Possui 576 lojas nos mais diferentes formatos;
  • O lucro líquido no primeiro trimestre de 2017 foi de R$ 199 milhões;
  • Mais de 80.000 funcionários;

Com estes números, podemos ter uma compreensão maior da grandeza desta empresa.

E, obviamente, é um lugar confiável não apenas para comprar seus produtos, mas também onde você pode encontrar uma assistência técnica de celular, como a AKIRATEK!

Carrefour Celulares: lá você encontra a Akiratek!

Sim, e além de tudo, nas lojas do Carrefour em Porto Alegre você pode encontrar a AKIRATEK.

Como já dissemos, lá você vai ter à sua disposição os melhores profissionais do mercado, preços competitivos e um atendimento ágil como vocE nunca viu.

Aliás, a maioria dos atendimentos são feitos na hora. Isso mesmo! Assim você não fica na mão sem seu celular.

E você pode encontrar as lojas da AKIRATEK nos Carrefours:

  • Loja POA – Carrefour do Bairro Partenon: Rua Albion, nº 111;
  • Loja PPA – Carrefour do Bairro Passo d’Areia: Avenida Plínio Brasil Milano, n°2343.

Além de lojas nas localidades:

  • Loja LG – em frente ao Beira Rio: Avenida Padre Cacique, nº 690
  • Canoas;
  • Gravataí;
  • Santa Maria;
  • Caxias do Sul.

E, se você não estiver no Rio Grande do Sul, não tem problema! Nós recebemos celulares de qualquer lugar do Brasil.

É só entrar no site da AKIRATEK e fazer seu orçamento gratuito. Para cuidar do seu celular, não tem outro! Conte com a AKIRATEK.

 

Dicas de como escolher celular ideal

O mercado de smartphones oferece tantas opções que é natural se sentir um pouco perdido e confuso na hora de escolher um. Por isso vamos dar aqui algumas dicas de como escolher celular ideal!

Existe um problema paradoxal relativo à disponibilidade de escolha. Ela nos parece desejável mas, quando acontece em abundancia, não sabemos o que escolher, graças justamente à esta grande variedade.

É como chegar em um restaurante e encontrar dezenas de opções de refeições. Por mais que você passe muito tempo escolhendo, o mais natural é aquela sensação que não fez a escolha certa.

E assem, a frustação ocorre. O mesmo acontece com os celulares. São  tantos modelos, tantas opções, tantas mudanças de tecnologia que acontecem em pouquíssimo tempo que é difícil tomar uma decisão objetiva.

Por isso nós vamos dar algumas dicas de como escolher celular ideal, e assim garantir a melhor compra possível.

Dicas de como escolher celular ideal: Paradoxo da escolha

A escolha é esmagadora. E requer muito trabalho. Embora pareça que quanto mais diversificado for o cardápio no prototípico restaurante que citamos mais acima, mais libertadora a experiência alimentar será, o oposto também é verdadeiro.

Se o menu estiver definido, ou seja, se o restaurante servir apenas um tipo de comida, você não precisa pensar sobre isso.  

E essa liberdade, livre do estresse da tomada de decisões, vale mais do que imaginamos.

O paradoxo da escolha consiste em uma teoria que foi pensada por Barry Schawarz. Ele postula que um dos grandes motivos do sentimento de insatisfação que sentimos atualmente advém da quantidade excessiva de escolhas.

Afinal de contas, na “tragédia da prosperidade” de nossos dias, cada escolha significa uma renúncia, e de certa forma não estamos totalmente preparados para lidar com isso.

Fazemos compras em lojas que vendem produtos tão variados que apenas a escolha de uma pasta de dentes pode levar quinze minutos.

Compare isso com o armazém de bairro de 50 anos atrás, ou a antiga lojinha de secos e molhados.

Havia um tipo de tudo. Se você precisasse, você não tinha que decidir qual versão do que você precisava seria melhor para você.

O paradoxo da escolha propõe que é a diversidade de nossas escolhas que nos causa estresse e, em última análise, sentimento de infelicidade.

Se você alguma vez comprou alguma coisa, experimentou o paradoxo da escolha.

Você fica na frente de prateleiras de roupas que não quer e sinceramente  gostaria que houvesse apenas duas prateleiras. Uma para calças e outra para camisas.

Embora possa parecer que as escolhas tornam o processo mais empolgante, e talvez isto seja verdade, também tornam o processo mais demorado e banhado por um estresse latente.

Outra ironia é que a escolha coloca o ônus sobre aquele que escolhe, ou seja, você.

Se você tem apenas uma escolha, vai pegar o que receber. Mas, se você tem várias opções e acaba insatisfeito com o que escolheu, bem, então há realmente apenas uma pessoa para culpar.

Você já percebeu que esta lógica pode ser usada na hora de escolher um celular, certo?

Por isso as dicas de como escolher celular ideal que vamos dar aqui vão ajudar você a driblar o paradoxo da escolha, ajudando a selecionar um aparelho que vai realmente atender as suas necessidades.

Dicas de como escolher o celular ideal

  1. Tamanho

Este é um dos mais importantes quesitos na hora de pensar como escolher celular ideal.

 Você tem que pensar qual é sua preferência. Um modelo menor, mais manejável, ou um maior, com a tela grande?

Existem duas escala de tamanhos que imperam entre os celulares. Os que são até 4,5 polegadas – onde estão aí incluídos os celulares “mini” – e os que têm entre 4.5 e 5.5 polegadas – que são mais populares hoje em dia.

Acima destes tamanhos, entramos nos território dos tablets. Esta é uma consideração importante porque nem todas as pessoas conseguem se acostumar com celulares muito grandes, especialmente quem possui mãos muito pequenas.

A grande vantagem dos celulares maiores é o tamanho da tela. Mas a questão é que este tipo também, prejudica muito a usabilidade, especialmente em relação ao uso prolongado.

  • Escolha o seu sistema operacional

Outro fator importante é qual sistema operacional você vai querer, e isso vai influir diretamente na marca do celular que você vai escolher.

Atualmente – e  me desculpem os outros sistemas operacionais – existem dois que realmente valem a pena: Android e IOS.

Ambos são fáceis de usar e podem ser encontrados em uma grande variedade de modelos e preços (nem, os celulares da Apple, que utiliza IOS – nem tanto).

Se você já usa coisas como:

  • Google Maps;
  • Gmail;
  • Google Docs.

Então provavelmente o Android vai ser a escolha certa para você. Já o IOS da Apple é mais uniforme, mais seguro e a qualidade dos aplicativos da empresa da maçã ligeiramente melhor.

Bem, se você já possui um MacBook ou um IPad, por exemplo, então um celular IOS é a escolha mais acertada para você, por questões relativas à compatibilidade.

Mas, se você procura preços mais competitivos e mais opções, então é o Android que você está procurando.

  • Resistência e durabilidade

Com a grande quantidade de opções, é natural encontrarmos um modelos amis baratos, geralmente imitações chinesas, feitas de plástico, que possuem baixa durabilidade.

Dito isto, devo também admitir que há uma boa razão pela qual a maioria dos fabricantes persistiu com o policarbonato em seus smartphones.

Sim, a margem de lucro é inegavelmente alta, mas eles também têm uma vantagem sobre os revestidos de metal: são muito mais leves.

Os telefones de plástico também têm uma melhor aderência e têm uma recepção fantástica em comparação com os telefones metálicos.

Os telefones de policarbonato melhoraram muito em sua aparência e sensação, mas não oferecem concorrência aos telefones metálicos na questão de resistência e durabilidade.

Então, se você costuma derrubar o celular com muita frequência, dê preferência aos mais resistentes.

  • Capacidade de processamento

Isto é algo que a maioria dos fabricantes sempre divulgam e exageram. Quanto poder de processamento é realmente necessário, afinal?

Os processadores de quad-core já estão ultrapassados ​​e até os processadores octa-core logo ficarão em desuso com os fabricantes.

 Então, mais poder de processamento significa melhor desempenho? Não necessariamente. Antes dos telefones quad e octa-core aparecerem, os dual-core funcionavam muito bem sem nenhum problema.

Assim, um telefone dual-core deve funcionar bem para você, e provavelmente não notará qualquer diferença no desempenho, a menos que você o compare com outro telefone.

Para um usuário comum que não gosta muito de jogos de alto nível, um celular dual-core com 1 GB de RAM deve funcionar bem.

Os jogadores que estão procurando experimentar os jogos mais recentes precisariam de pelo menos um processador quad-core com 2 GB de RAM. Isto nos leva a próxima questão.

  • Para que você vai usar o celular?

Entre as dicas de como escolher celular ideal, talvez seja a mais importante.

Afinal de contas, já faz bastante tempo que não usamos o smartphone para fazer e receber ligações.

Então, para que você usa? Para tirar fotos? Para fazer filmagens? Para assistir filmes e séries ou para rodar jogos de alto desempenho?

Seja para você fazer vídeos para o You Tube ou entusiasta de jogos online, tem que considerar qual a funcionalidade que você vai dar para ele, para assim conseguir escolher o que melhor lhe sirva.

  • Capacidade de armazenamento e bateria

Fique sempre atento a estas especificações para acertar na escolha. Se você fica muito tempo fora de casa, o tempo útil da bateria é fundamental.

Considere também se o carregador que acompanha o celular tem boa qualidade e consegue carregar o telefone de forma rápida e eficaz.

E o armazenamento é também algo importante para se considerar. Escolha o modelo com uma capacidade que vai atender as suas necessidades.

Também preste atenção se ele aceita cartões de memória. Existem vários tipos de celular, como IPhones, que não permitem sua utilização.

Estas dicas de como escolher celular ideal vão lhe ajudar a tomar a melhor decisão, e assim, evitar cair no paradoxo da escolha.

E, uma vez adquirido o celular perfeito, pode ficar tranquilo! Em caso de algo acontecer, a AKIRATEK está sempre a postos para atender você!

Uma das melhores assistências técnicas do Brasil, a AKIRATEK dá garantia, com as melhores peças e os profissionais mais qualificados do mercado, e vai cuidar de qualquer problema que ele porventura venha a ter.

Venha visitar o nosso site e conhecer mais sobre nossos serviços! Não perca tempo, venha para a AKIRATEK!

Celular lento é uma das coisas que mais irrita usuários de smartphone em todo mundo

 

Você sabe como é desagradável ter celular lento. Os aplicativos não funcionam direito, e suas funções ficam absolutamente comprometidas.

Por vezes, temos até vontade de comprar um novo. Mas a situação financeira não está tão fácil assim, não é mesmo? Isto pede que encontremos soluções para este problema.

Pois smartphones atualmente são investimentos caros. Reservamos uma quantidade razoável de recursos para adquirir um. Não é a toa que celular lento seja algo tão irritante.

É muito comum isto acontecer depois de certo tempo de uso do telefone. Por vezes acabamos instalando tantas coisas que não percebemos que acabamos sobrecarregando ele.

Por isto, neste artigo, vamos fala como limpar celular lento e mais, explicar por que os celulares acabam ficando assim. Continue lendo para saber mais.

Como limpar celular lento: Por quais motivos eu fico com celular lento?

É natural que, com o passar do tempo, os sistemas operacionais dos nossos smartphones acabem apresentando alguns problemas.

Os mais comuns costuma ser:

  • Memória insuficiente;
  • Lentidão;
  • Travamentos constantes.

Estas ocasiões particularmente irritantes podem acabar transformando seu smartphone de última geração em um aparelho comum, se não tomar os devidos cuidados.Por isto que é importante saber como limpar celular lento.

A manutenção constante faz com que ele funcione bem, otimizando suas funções e aumentando o período de vida útil do aparelho

Existem alguns motivos para que isso aconteça. E um deles é a atualização do sistema operacional.

Quando compramos um smartphone, ele já vem com sistema operacional de fábrica, na sua versão recente.

Mas é comum que sejam lançadas, de forma anual, mais e mais atualizações. E às vezes o aparelho não suporta.

Isto porque elas acabam exigindo mais do hardware, deixando assim o celular lento.

Outro motivo que deixa celular lento são aplicativos que rodam em segundo plano. Você pensa que, só porque não aparece nada na tela, que seu celular não está rodando nada? Pense de novo!

Isto porque diversos aplicativos ficam em pleno funcionamento mesmo quando não estão sendo utilizados pelo usuário. Alguns mais comuns são:

  • Apps de geolocalização;
  • Emails;
  • Widgets;
  • Papéis de parede com animações.

Entre outros. Estes “workaholics” contumazes acabam por tornar o celular lento demais.

Ainda existe outro motivo que causa o problema do celular lento: a degradação da memória.

Geralmente, o chip de memória que é usado em smartphones é do tipo NAND, que possui baixo custo, mas é rápido e eficiente.

Mas, se for utilizada sempre “no limite”, é capaz de apresentar, com o tempo, performance bem reduzida.

Esta memória necessita de uma folga para executar um funcionamento perfeito. Outro problema relacionado com esta memória é seu ciclo de vida.

Quando ele atinge um ponto de utilização, acontece um esgotamento nas células da memória e, o que acaba tornando o celular lento.

Por isto não é recomendado deixar rodando muita coisa. Sempre use celular por volta de 75% da sua capacidade para garantir bom funcionamento.

Estes são só alguns motivos pelo qual temos que passar pela agonia do celular lento. Agora vamos ver como limpar celular lento, e acabar de vez com este problema.

Como limpar celular lento?

É comum acontecer com os smartphones, e até mesmo com computadores. Com o tempo é inevitável: você fica com celular lento.

E é bem fácil perceber quando isso começa a acontecer. Por exemplo:

  • Qualquer aplicativo que você quer abrir demora muito tempo para executar;
  • Demora mais tempo que o comum para abrir novas telas ou para fazer transições entre elas;

E aquela sua felicidade de ter aquele celular de última geração lentamente se desvanece, pois você acaba com um celular lento.

Vamos ver então maneiras de corrigir isto e como limpar celular lento.

Como limpar celular lento: Não usa um aplicativo? Desinstale!

Por vezes baixamos tantas coisas que elas acabam ficando esquecidas em algum lugar no gerenciador de arquivos para sempre.

Mas, se você quer acabar com o problema do celular lento, então trate de apagar estes aplicativos inúteis.

Eles acabam só servindo para utilizar recursos, como por exemplo:

  • Ciclos da CPU, por causa dos serviços de segundo plano;
  • Ocupar blocos de memória;
  • Fragmentar armazenamento

E deixando uma bagunça no aparelho. Vá ao gerenciador de aplicativos do seu smartphone e apague aqueles que não mais utiliza. É uma ótima maneira de como limpar celular lento.

Como limpar celular lento: limpe a memória com frequência

Um bom indicativo que memória está cheia é a quantidade de coisas que você tem na tela.

O espaço interno do celular acaba ficando comprometido, com tantas fotos, vídeos e outras coisas que você tem ocupando espaço na memória.

Por isso, exclua periodicamente os vídeos e fotos do seu smartphone, para não ocupar todo espaço interno.

Lembre-se também que certos aplicativos de redes sociais, como o whats app, também salvam automaticamente fotos, gifs e vídeos, o que compromete a memória e acaba deixando o celular lento.

Mas lembre-se de olhar atentamente para cada foto ou vídeo antes de excluir, para não se arrepender depois.

Como limpar celular lento: Limpar os dados em cache

Outra maneira de como limpar celular lento é limpar os dados em cache. Mas o que isto significa?

Quando você visita um site, ou usa um aplicativo, parte de sua experiência fica registrada no aparelho, visando carregar de forma mais rápida a próxima vez que você for utilizar.

Existem sites que armazenam bastante dados em cache, como o Google Maps. Isto consome parte do armazenamento e, consequentemente, deixa o celular lento.

Uma boa maneira de fazer isto é ir ao gerenciador de aplicativos e ir limpando os dados em cache um por um. Assim, você só elimina dos programas que quer.

Outra solução é ir na página de armazenamento do celular, no campo dados memorizados e limpar todos os dados em cache.

Pode fazer sem medo, pois isso não prejudica o celular. E tudo que for importante será rearmazenado da próxima vez que o aplicativo for aberto.

 

Estes são apenas alguns meios de como limpar celular lento e acabar de vez com esta tortura!

Mas, se você quer o seu celular tinindo de verdade, leve na Akiratek, assistência técnica especializada que faz orçamento gratuito e online para você!

Galaxy S10e e S10+ Lançamento Oficial

Os novos aparelhos topo de linha da Samsung estão chegando e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem os aparelhos devidamente homologados para a comercialização, assim que o anúncio for feito, no dia próximo dia 20. O Galaxy S10 já havia sido registrado e agora quem aparecem no cadastro brasileiro são os Galaxy S10e e o Galaxy S10+.

As informações foram flagradas pelo Tudo Celular trazem a mesma confirmação de entrada para conexão P2, de 3,5 mm — isso também havia sido confirmado anteriormente, pois o Galaxy S10 traz um fone de ouvido da AKG. A maior novidade nesse documento é a variante de cerâmica do Galaxy S10+, que traz um acabamento mais belo e resistente e favorece a recarga sem fio .

É sempre bom saber dicas de como limpar a tela do celular!

Desde que os telefones móveis passaram a ser mais leves  e livres de botões, eles passaram a ser uma necessidade para muita gente. Com tanta ansiedade e necessidade do uso dele, a limpeza acabou ficando indispensável.

Mas, com a correria do dia a dia, as vezes pode ficar um pouco mais difícil manter o smartphone intacto.
Pó, gordura, manchas de comida, resíduos de areia e entre outras coisas, podem acabar grudando e para fazer a limpeza disso é preciso ter cuidado.

Um hora ou outra, todo mundo vai acabar precisando saber de alguns truques para driblar esses  inimigos tão pequenos e mortais. E quando a sua hora chegar, é bom já ir sabendo algumas dicas de como limpar a tela do celular.
Ficou interessado? Quer aprender esses segredos? Então confira abaixo!


Dicas de como limpar a tela do celular


Como limpar a tela do celular não é somente molhar com água e passar um pano.Até porquê se você ousar em fazer algo semelhante, pode estragar mais o seu smartphone.

Água e qualquer outro tipo de eletrônico não se dão bem. E, mesmo que seja a prova d’água, não é bom arriscar.
O smartphone é um aparelho sensível e não pode ser limpo de qualquer jeito, com qualquer tipo de material.
Tenha muito cuidado com a manutenção dele, seja ela com os aplicativos ou com a aparência.
Confira abaixo um passo a passo de como limpar a tela do celular da maneira correta!


1. Desligue o aparelho


Em qualquer tipo de limpeza é necessário desligar o smartphone. Esta é a maneira mais segura de fazer os  procedimento de limpeza.

Mesmo com esse tipo de prevenção, não dá para garantir que alguma coisa entre em contato com os componentes.
E o mesmo risco permanece se o celular dor a prova d’água. Nada é garantido!  Se você não se sentir seguro com isso, procure por uma assistência técnica.


2. Não use água para a limpeza

Usar água em eletrônicos nunca é uma boa ideia. Essas coisas não se misturam! Sempre que for limpar a tela do celular, procure ao máximo usar água.

A da possibilidade de dar curto ou alguma coisa estragar é muito grande.

Além disso, a água deixa resíduos para evaporar. Isso pode causar problemas ao entrar em contato com as peças internas.

A melhor dica de como limpar a tela do celular é usando sprays específicos para isso. Ou, se preferir, pode utilizar o isopropanol, mais  conhecido como álcool isopropílico.  Tome muito cuidado para não usar o etanol hidratado, que seria o álcool de limpeza. Coisas desse tipo e até mesmo detergentes ou limpa- vidros podem deixar seu celular todo manchado.


3. Cuidado com a dosagem


Mesmo que o álcool isopropílico seja a melhor opção para limpar a tela do celular, você não pode usar muito.Não coloque uma grande quantidade no pano de limpeza. Exagerar no álcool também pode ser ruim para o aparelho.
Use uma quantidade mínima, uma borrifada do já está ótima.  E garanta que todas as impurezas e marcas possam sejam retiradas perfeitamente.  Faça o procedimento dessa forma e tenha mais  eficiência e economia, além de bons resultados.


4. O pano certo



O material usada também conta muito na hora de limpar a tela do celular.

Use um pano de microfibra ou que seja 100% algodão. Tecidos desse tipo não deixam fiapos.E tome cuidado para que ele esteja limpo e seco. Procure usar também um cotonete nos cantinhos mais difíceis. Você pode utilizar este material sempre que não conseguir limpar algum lugar que o pano não alcance.  Essas duas coisas acompanhadas de um pouco de álcool pode ajudar muito. E lembre-se: nunca use esponjas ou panos ásperos, eles podem acabar arranhando a sua tela.


5. Como fazer a limpeza da tela

 


Para fazer a limpeza correta da tela do celular, você deve, em primeiro lugar, desligar o seu aparelho. Depois disso, pode pegar um pano apropriado e umedecer levemente com um pouco de álcool. Tome muito cuidado para não molhar demais. Caso isso acontecer, pegue, imediatamente, seco e passe no celular.

Em todo o procedimento, faça movimentos circulares até que todas as manchas desapareçam. Se for preciso, passe o pano mais uma vez, sem nenhum produto.

Caso o aparelho esteja muito sujo, pode usar o cotonete nas partes menores. Mas cuidado para não usar tanta força.
Seja o mais delicado possível nessa hora. Por ser algo mais frágil, a probabilidade de algo estragar é muito grande. Fique atento!

 

O que usar para limpar a tela do celular?


Você já sabe que é muito importante manter a tela do seu celular bem limpa.

Mas o que usar para limpar corretamente? A resposta é simples: toalhas de microfibra ou panos 100% algodão.
O fundamental é não usar nada que solte fiapos ou que seja áspero ou poroso, já podem arranjar a tela.

Nesses casos, a microfibra acaba sendo perfeita, já que é delicada e foi feita exatamente para isso.

E cuidado para não pegar uma toalha com farelos ou poeira. Esses fragmentos podem acabar se fixar na tela durante a limpeza e até provocar arranhões.

Quanto aos produtos, não use nada químico. Vá direto no álcool isopropílico ou nos produtos apropriados para celular.

Materiais com propriedades químicas, como limpador de vidro, por exemplo, são compostos por substâncias mais fortes. Se você usar algo desse tipo em uma tela touch scream, a possibilidade de estragá-la ou provocar manchas, é muito alta.


Como limpar arranhões do touch screen?

Dicas e truques para limpar  os arranhões da tela touch screen é o que não faltam por aí.  Todo mundo conhece uma técnica ou uma dica que pode muito bem solucionar este problema em poucos  minutos.

Mas saiba que quando se trata de como arranhões ou marcas na tela do celular, as técnicas podem, e são, um pouco diferentes.

E, justamente por ser um meio de reparo, você vai precisar se alguns produtos diferentes ou que deixou de usar há algum tempo. Confira algumas dicas abaixo:


Pasta de dentes: não somente nos celulares, mas em diversas outras coisas, a pasta de dente se mostra um ótimo produto.

 

No caso das telas touch screen dos smartphones ela consegue amenizar, e muito, a aparência dos arranhões.  Para esta função, é indicado que você use um creme dental de cor branca e um algodão/ cotonete.

Pegue um pouco de pasta de dentes e coloque sobre a superfície no celular. Após isso, esfregue, por uns cinco minutos, com o algodão. Lembre-se de não usar muita força.

Limpe o visor até que todo o produto desapareça por completo. Se você sentir que passou demais, pode esfregar com algodão ou um pano de microfibra.

Ou, se preferir, pode passar um pouquinho de álcool. Mas nada muito exagerado,  apenas para tirar o excesso. 

Borracha escolar: a boa e velha borracha não serve apenas para apagar os erros feitos a lápis. A sua composição também é ótima para limpar a tela do celular riscada.

Se você precisar usar esta técnica, procure usar uma borracha na cor verde. De acordo com testes feitas, ela é a mais eficiente para isso.

E o modo de aplicar esta limpeza é muito simples: basta esfregar a o produto na tela do celular até os arranhões diminuírem.



Substâncias especiais: como a procura por técnicas e produtos para a limpeza de tela do celular acabaram crescendo, hoje em dia já é possível achar substâncias só para isso.  Basicamente, um processo como esse funciona como se fosse um tipo de polimento.

 

Para conseguir remover as imperfeições, é preciso colocar um pouco do produto na tela riscada e fazer movimentos circulares com o algodão por até 3 minutos.  E, por incrível que pareça, a cera automotiva também pode ser usada. Nos carros, ela é usada para retirar ranhuras e nos celulares o mesmo acontece.

 

Você pode usá-la do mesmo jeito que a pasta de dente: coloque um pouco dela em um pedaço de algodão e passe pela tela.

 

Como proteger a tela do celular da sujeira?

Hoje em dia já é possível encontrar celulares que conseguem proteger a tela do celular contra os arranhões.  É claro que mesmo com isso é preciso ter muito cuidado e atenção, mas não dá para negar que é uma maravilha.

De qualquer maneira, o melhor jeito de evitar possíveis arranhões é usando a boa e velha película protetora.  É mais vantagem você gastar com um produto assim do que com o conserto de uma tela ou de um celular novo.

Proteja o seu smartphone contra possíveis acidentes, principalmente se você for uma pessoa desastradas.  Hoje em dia é possível encontrar várias capinhas resistentes que, além de proteger, ainda ajudam a evitar a sujeira.  Procure por produtos assim e evite problemas com o seu aparelho.

 

Cuidados com a tela do celular

Você já aprendeu como limpar a tela do celular e quais produtos pode usar para isso.  Mas, o fundamental de tudo isso é evitar a sujeira e possíveis arranhões.

 

Veja abaixo algumas dicas de cuidados com a tela do celular para que ele dure muito mais!

 

  1. Use sempre uma capinha e uma película protetora. Procure comprar por produtos que realmente vão envolver o seu celular;
  2. Evite andar com o celular na mão, principalmente se ela estiver engordurada. Guarde o aparelho quando estiver andando.Além de ser um pouco perigoso, você ainda pode acabar derrubando ele no chão;
  3. Nunca leve seu smartphone para o banheiro. Este ambiente é muito perigoso para aparelhos eletrônicos;
  4. Evite guardar seu celular no bolso de trás da sua calça, bermuda, saia ou short. Você pode acabar sentando em cima dele ou até mesmo derrubá-lo.
  5. Sempre que for guardá-lo, procure não colocar o mesmo local que as chaves ou qualquer outro tipo de objeto que deixe riscos ou marcas em geral.
  6. Caso for à praia ou em algum lugar com areia, use capinhas bem grossas e com a maior proteção possível. Ambientes assim são extremamente nocivos para celulares.

 

Se você for uma dessas pessoas mais desastradas, que deixam tudo sair, é aconselhável adquirir algum tipo de garantia. Quando se compra celulares em lojas, já é possível encontrar esta modalidade. Então pense bem!

Você vai gastar um pouco a mais sim, mas também não precisará pagar por eventuais consertos que podem aparecer no dia a dia.

 

Cuidados com tela de celular quebrada

Mesmo que esteja quebrada, a tela do celular merece cuidados e limpeza, então não deixe de higienizar nessas condições também. Justamente por não estar em condições tão boas assim, você precisa ter um cuidado maior.

 

A primeira coisa a se fazer é tirar a sua películas protetora e fazer uma limpeza muito cuidadosa entre as partes danificadas. Fique atento para não pegar nada que arranhe mais ainda a tela ou que estrague outras partes do seu aparelho.

Depois disso, recorra a outra película. Mesmo que opte por trocar de celular, não deixe de proteger o seu atual. Existem lojas que compram celulares danificados, então, mesmo que ele esteja com a aparência feia, é bom manter um cuidado.

Procure se informar

E procure buscar informações com o fabricante sobre sono limpar a tela  do celular que está quebrada. Certamente irão dar a  você o auxílio correto. As  assistências também oferecem serviço como este. Então, na dúvida, corra para algum desses dois locais.

É bom deixar claro que, quando o smartphone está mais frágil e vulnerável, você nunca deve tentar arrumar. Muitas pessoas acabam danificando mais ainda o objeto quando estão tentando arrumar. Recorra aos especialistas ou fabricantes da área. Lembre-se, celulares precisam de cuidados mais delicados!

Eu sei que você está precisando saber como fazer a manutenção do celular!

 

Afinal de contas, quem não precisa?

Hoje em dia todo mundo vive conectado e com os dedos na tela do smartphone. É quase impossível ficar sem um ajuste de vez em quando.Veja abaixo dicas de como fazer isso e para onde correr quando precisar de algo mais técnica.

Como fazer a manutenção do celular?

Fazer a manutenção do celular não exige um grande trabalho. Com cuidados simples e diários você certamente irá prolongar muito a vida do seu smartphone.

Embora seja algo simples, você vai precisar ter atenção em alguns pontos, já que estamos falando de um aparelho muito frágil.

Confira abaixo algumas dicas de como fazer a manutenção do celular:

Capa e película protetora

Se você for um reles mortal, provavelmente já deixou seu celular cair e sentiu um frio na barriga. Acidentes deste tipo acontecem a todo o momento e por isso a capa e a película protetora são sim uma forma de fazer a manutenção do celular.

Esses dois produtos são indispensáveis, então procure por algo de boa qualidade e realmente proteja o smartphone.

Em alguns casos, a estética dele pode até ficar comprometida ou um pouco grosseira devido a isso, mas, sem dúvida nenhum, é melhor prevenir do que remediar.

Atenção nos cuidados

 

Mesmo que você tenha um capa e uma película protetora, é preciso ter cuidado como um todo. Fique atento para não derrubar, molhar ou arranhar seu aparelho. É claro que acidentes acontecem, mas prestar atenção é umas das maiores manutenções que você pode fazer.

Tenha em mente que os eletrônicos são frágeis e que não podem ficar perto de líquidos ou de temperaturas extremas.

Evite ao máximo locais muito quentes e que tenham água ou areia por perto. Sendo assim, a praia pode ser considerada uma zona de muito risco.  Principalmente agora no verão, é bom ficar atento e usar todas as proteções possíveis para evitar problemas.

Limpeza periódica

A limpeza deve ser o melhor amigo do seu smartphone. A manutenção do celular vai além de usar produtos que protegem o aparelho.

 

Fazer uma boa limpeza e tirar os resíduos que ficam ao longo do dia também é fundamental para a saúde de androids e iOS.

 

Procure fazer isso periodicamente para conservá-lo, tirar as manchas e marcas de gordura. Atividades como essa evitam a oxidação, o que prolonga o tempo de uso.   

 

E para isso basta utilizar um simples pano ou pedaço de algodão levemente umedecidos. Lembre-se de fazer movimentos leves e circulares.  

É indicado também tirar a capinha e lavá-la de tempos em tempos.

 

Cuidados com o software

Sempre você tiver um tempo, é bom dar uma olhada no software. Formate o aparelho de vez em quando para tirar os entulhos perdidos nele.

Faça o mesmo com os aplicativos que você já não usa mais ou que ocupam espaço demais. Uma das funções dos smartphones dos últimos tempos é o “reset de fábrica”, onde você pode configurar o celular e deixá-lo como se fosse novo. De preferência, use este recurso a cada 6 meses, mas claro que isso pode variar conforme a pessoa.

 

Evite aplicativos ou sites suspeitos

Um smartphone funciona como se fosse um computador, então é preciso sim tomar cuidado com os sites e apps que você acessa.

Faça a manutenção do celular nesta parte também. Existem muitos hackers que trabalham só para isso!

Fique atento com possíveis infecções. Ela pode não só comprometer seus dados bancários, como todas as suas outras informações pessoais e financeiras.

Caso você perceba alguma atividade suspeita ou um excesso de propagandas na sua navegação, leve imediatamente a uma assistência técnica.

E lembre-se de sempre utilizar um antivírus eficiente.

Veja se seu aparelho está funcionando de uma forma estranha e se algo estiver fora dos padrões, não tente arrumar sozinho!

 

Componentes oficiais

Outra dica de como fazer a manutenção do celular é utilizar sempre os produtos originais só aparelho.

Produtos mais genéricos podem estragar algumas partes do seu aparelho.

Inclusive, isso é muito comum nos carregadores, que são vendidos como tamanho padrão e acabam sendo maiores do a entrada do celular.

Mercadorias falsificadas podem prejudicar seu smartphone ao invés de beneficiar.

Opte pelos acessórios originais. Eles podem até ser caros, mas vão economizar vários consertos futuros.

 

Principais causas da manutenção de celular

O celular é um aparelho complexo, com vários elementos integrados, o que significa que todo o cuidado é pouco.

Seja no sistema operacional ou na parte física, todos os seus componentes devem ser devidamente cuidado.Muitas pessoas acabam não dando tanta atenção isso e pode acabar gerando problemas bem chatos.

 

Mesmo que o seu aparelho tenha sido vendido com a promessa de ser super resistente, fique de olhos bem abertos.

Proteja com tudo que for necessário e sempre que algo estiver errado, corra para uma assistência técnica de confiança.

 

Manutenção de celular: problemas mais comuns

Quem trabalha com assistência técnica e manutenção de celular, sabe que existem três problemas principais nesta área. Normalmente, esse trio se caracteriza entre: problemas com a tela, lentidão e bateria.

Quer saber o motivo disso? Confira abaixo:

Problemas com a Tela

Sem dúvida nenhuma os problemas de telas são os mais comuns na manutenção de celular.Os aparelhos são mais desenvolvidos como antes, com durabilidade.

Nos últimos anos, todos duram o suficiente para durar até 3 anos, no máximo, e suportar pequenas quedas. Mas, até mesmo nas pequenas podem ocorrer grandes acidentes. E tudo isso por descuido e falta de proteção.

Tome todas as devidas providências para não danificar seu aparelho. Use capas, películas e fique de olho no armazenamento dele. É claro que de vez em quando pode ocorrer algum acidente, mas procure evitar sempre que posso.

Procure um local, de preferência uma assistência, para fazer todo o procedimento de segurança com seu amigo virtual.

E, se por acaso a sua tela quebrar, procure por uma imediatamente. Nada de tentar arrumar sozinho ou com ferramentas inapropriadas.

Lentidão do celular

É normal que depois de um certo tempo de uso o celular comece a trancar e ficar mais lento.Na grande maioria das vezes isso acontece por conta do uso seguido e de constantes instalações, atualizações e remoções de aplicativos.

Lembre-se que todo o celular tem um limite em relação a quantidade de apps. Então nenhum poderá suportar tantos de uma vez. Inclusive, todo o aplicativo passa por modificações conforme o tempo vai passando e cada vez mais eles têm ficado mais pesados.Desta forma, o máximo que um aparelho pode chegar são 3 anos.

Performance

A manutenção do celular pode ajudar muito a melhor a performance dele.Neste processo é fundamental que você passe a remover tudo que não usa mais ou aquelas que estão esquecidas na galeria.

Tudo que você faz no smartphone deixa um tipo de rastro no sistema e por isso é importante remover tudo que não seja usado com frequência.

Em casos como esse, você pode muito bem fazer uma faxina. Inclusive, se precisar, baixe aplicativos próprios para isso.

Já existem programas que fazem varreduras que deixam o seu celular muito mais leve e com o funcionamento bem melhor.

Procedimentos desse tipo ajudam a aumentar um pouco mais a  vida útil do aparelho. Faça isso auxiliado de cuidados de proteção e limpeza para ter seu smartphone por um tempinho a mais.

Problemas com a bateria

Outro fator que causa muita insatisfação dos usuários é a baixa duração da bateria entre as recargas.

Muitas vezes isso é devido à maneira como o usuário utiliza o aparelho. Algumas propriedades e configurações fazem o celular consumir mais bateria, por exemplo o brilho da tela, a opção de vibrar, o uso do WiFi, GPS e Bluetooth, entre outros. Veja aqui algumas dicas sobre como economizar bateria.

Além disso, o fato é que toda bateria tem uma vida útil. É dificil dizer quantos anos ou meses uma bateria dura pois isso depende muito do aparelho, do modelo de bateria e de como o dono usa o celular. Mas sabe-se que após um ano já há uma queda para pelo menos 80% da capacidade inicial.

A boa notícia é que trocar uma bateria não é um bicho de sete cabeças e não é de fato necessário procurar uma empresa de conserto e manutenção de celular para isso, a não ser pela comodidade.

 

Qualquer pessoa pode comprar uma nova bateria em uma loja especializada ou até pela Internet em sites como o Mercado Livre e DealExtreme por exemplo, tomando apenas o cuidado de verificar o modelo de bateria usado em seu aparelho, o vendedor normalmente informa quais são os aparelhos compatíveis com cada modelo de bateria.

Nesse caso o usuário também deve refletir se vale a pena apenas trocar a bateria, provavelmente ao chegar nesse ponto o aparelho também já está mais lento, já não suporta mais os aplicativos como antes e talvez seja mais vantajoso procurar por um aparelho mais moderno.

Outros defeitos

O trio de problemas citado acima podem sim ser considerados os principais problemas de uma manutenção de celular, mas não são os únicos.

Há outras possibilidades que causam muita dor de cabeça para os donos de assistências técnicas. Entre elas estão:

  • Queda do aparelho na água, na areia ou no barro;
  • Problemas com o carregador e com a entrada dele;
  • Problemas com o cartão de memória;
  • Falhas nos microfones e autofalantes;
  • Falhas e arranhões na câmera frontal e traseira;
  • Problemas com a placa interna e no touch scream.

 

Em casos desse tipo, nem sempre há o que se fazer se você não tiver muito conhecimento.Se algo semelhante ou pior acontecer com você, procure uma assistência técnica ou leve até loja onde você comprou o aparelho, caso ele ainda esteja na garantia.

Vale a pena consertar o celular?

Se vale a pena ou não consertar o celular é um pouco relativo e pode depender da realidade de cada um.Caso o seu celular esteja apresentando muitos problemas e já não esteja tão eficiente assim, é aconselhável comprar um novo.Mas, se ele está com pequenos arranhões ou com problemas singelos, um conserto pode sair mais em conta. Claro que tudo isso muda o contexto se você quiser mesmo trocar o aparelho e tiver condições para fazer isso.

Mas, antes de sair adquirindo um novo celular ou consertar o que já tem, pense em alguns aspectos:

  • O celular atual já é antigo? Ele ainda está no período de garantia?
  • Antes dele apresentar problemas, estava suprindo todas as suas necessidades diárias?
  • Vale a pena investir em um aparelho muito caro? Ou da mesma marca?
  • Quanto estaria disposto a gastar em um novo aparelho? E em um conserto?
  • Qual sua condição financeira atual?
  • O conserto a ser realizado irá deixar o aparelho como novo ou ainda há riscos do problema voltar ou não ser resolvido 100%?
  • Quanto vai ficar o conserto? É quase o preço do novo aparelho que deseja?

Analise todas as possibilidades existem quando o assunto for manutenção de celular ou troca de aparelho.

Considere todos os pontos possíveis e pesquise os valores das possibilidades em lojas para fazer um balanço do que é melhor pra você. Veja se você está disposto a pagar por um smartphone que pode custar mais caro do que o seu atual que foi adquirido há 3 anos, por exemplo.

Vale a pena pra você pagar  R$ 1.200,00 reais se a sua tela quebrou e o aparelho não está mais lá essas coisas? Ou será que é mais vantagem pagar R$800,00 reais e ficar relevando pequenos problemas de funcionalidade?

Questione-se e veja o que será melhor para você e o seu bolso. Em alguns casos, um reparo feito em um boa assistência já é o suficiente. Então, pesquise!

 

Será o Moto G7?! Motorola confirma lançamento em São Paulo dia 7 de fevereiro

O primeiro Lançamento Oficial da Motorola de 2019 a Rede de Lojas Akiratek traz em primeira mão essa novidade. Temos Assistência Técnica  Motorola em Porto Alegre com Reparo de placa, Touch, Vidro , Conector dentre outros serviços de consertos de celulares Motorola.

Não foi informado qual aparelho ou linha será revelado, mas a expectativa é que a gente descubra o Moto G7, finalmente. Um dos modelos, aliás, já estaria à venda no interior de São Paulo.

O evento será realizado no período da manhã, às 9h30 (horário de chegada dos convidados), em local ainda a ser revelado dentro dos limites da capital paulista. Pelo convite, podemos esperar a cobertura de algum prédio ou algo do tipo.

Os rumores sobre a linha Moto G7 estão esquentando cada vez mais. Neste fim de semana, apareceram informações sobre a possível plataforma a ser utilizada no G7 Play, além do preço do G7 Power – modelo que estaria à venda no interior de São Paulo. Também saíram mais renderizações e preços dos quatro aparelhos no exterior.

Quatro modelos

De acordo com os rumores, a Motorola vai expandir a linha Moto G para quatro modelos em 2019. O mais básico seria o G7 Play, que ao menos teria um chipset razoável, o Snapdragon 625 – apesar de defasado -, mas deixaria de ser aquele com maior bateria da turma, ficando com menos de 3.000mAh, ainda por cima.

O G7 Power, sim, teria uma boa carga – 5.000mAh – e uma plataforma mais nova, o Snapdragon 632. Esses dois teriam a tela que a Motorola chama de Max Vision, de 6,2 polegadas, utilizando resolução HD+. Também devem apresentar o entalhe no formato tradicional, como visto no iPhone X. E nada de conjunto de câmera dupla.

Já os outros dois modelos, mais potentes, viriam com a tela Max Vision de 6,4 polegadas, entalhe em gota e conjunto com duas câmeras na traseira. O G7 viria com a plataforma Snapdragon 600, enquanto o G7 Plus já viria com um chipset da série 700 da Qualcomm, sendo o mais poderoso do quarteto. A bateria de ambos deve ter capacidade de 3.500mAh.

Todos os quatro devem trazer desbloqueio por leitura digital na parte traseira. E, claro, Android 9 Pie de fábrica.

×

Hello!

Click one of our representatives below to chat on WhatsApp or send us an email to [email protected]

× Atendimento via WhatsApp