Manutenção do celular - Akiratek

Eu sei que você está precisando saber como fazer a manutenção do celular!

 

Afinal de contas, quem não precisa?

Hoje em dia todo mundo vive conectado e com os dedos na tela do smartphone. É quase impossível ficar sem um ajuste de vez em quando.Veja abaixo dicas de como fazer isso e para onde correr quando precisar de algo mais técnica.

Como fazer a manutenção do celular?

Fazer a manutenção do celular não exige um grande trabalho. Com cuidados simples e diários você certamente irá prolongar muito a vida do seu smartphone.

Embora seja algo simples, você vai precisar ter atenção em alguns pontos, já que estamos falando de um aparelho muito frágil.

Confira abaixo algumas dicas de como fazer a manutenção do celular:

Capa e película protetora

Se você for um reles mortal, provavelmente já deixou seu celular cair e sentiu um frio na barriga. Acidentes deste tipo acontecem a todo o momento e por isso a capa e a película protetora são sim uma forma de fazer a manutenção do celular.

Esses dois produtos são indispensáveis, então procure por algo de boa qualidade e realmente proteja o smartphone.

Em alguns casos, a estética dele pode até ficar comprometida ou um pouco grosseira devido a isso, mas, sem dúvida nenhum, é melhor prevenir do que remediar.

Atenção nos cuidados

 

Mesmo que você tenha um capa e uma película protetora, é preciso ter cuidado como um todo. Fique atento para não derrubar, molhar ou arranhar seu aparelho. É claro que acidentes acontecem, mas prestar atenção é umas das maiores manutenções que você pode fazer.

Tenha em mente que os eletrônicos são frágeis e que não podem ficar perto de líquidos ou de temperaturas extremas.

Evite ao máximo locais muito quentes e que tenham água ou areia por perto. Sendo assim, a praia pode ser considerada uma zona de muito risco.  Principalmente agora no verão, é bom ficar atento e usar todas as proteções possíveis para evitar problemas.

Limpeza periódica

A limpeza deve ser o melhor amigo do seu smartphone. A manutenção do celular vai além de usar produtos que protegem o aparelho.

 

Fazer uma boa limpeza e tirar os resíduos que ficam ao longo do dia também é fundamental para a saúde de androids e iOS.

 

Procure fazer isso periodicamente para conservá-lo, tirar as manchas e marcas de gordura. Atividades como essa evitam a oxidação, o que prolonga o tempo de uso.   

 

E para isso basta utilizar um simples pano ou pedaço de algodão levemente umedecidos. Lembre-se de fazer movimentos leves e circulares.  

É indicado também tirar a capinha e lavá-la de tempos em tempos.

 

Cuidados com o software

Sempre você tiver um tempo, é bom dar uma olhada no software. Formate o aparelho de vez em quando para tirar os entulhos perdidos nele.

Faça o mesmo com os aplicativos que você já não usa mais ou que ocupam espaço demais. Uma das funções dos smartphones dos últimos tempos é o “reset de fábrica”, onde você pode configurar o celular e deixá-lo como se fosse novo. De preferência, use este recurso a cada 6 meses, mas claro que isso pode variar conforme a pessoa.

 

Evite aplicativos ou sites suspeitos

Um smartphone funciona como se fosse um computador, então é preciso sim tomar cuidado com os sites e apps que você acessa.

Faça a manutenção do celular nesta parte também. Existem muitos hackers que trabalham só para isso!

Fique atento com possíveis infecções. Ela pode não só comprometer seus dados bancários, como todas as suas outras informações pessoais e financeiras.

Caso você perceba alguma atividade suspeita ou um excesso de propagandas na sua navegação, leve imediatamente a uma assistência técnica.

E lembre-se de sempre utilizar um antivírus eficiente.

Veja se seu aparelho está funcionando de uma forma estranha e se algo estiver fora dos padrões, não tente arrumar sozinho!

 

Componentes oficiais

Outra dica de como fazer a manutenção do celular é utilizar sempre os produtos originais só aparelho.

Produtos mais genéricos podem estragar algumas partes do seu aparelho.

Inclusive, isso é muito comum nos carregadores, que são vendidos como tamanho padrão e acabam sendo maiores do a entrada do celular.

Mercadorias falsificadas podem prejudicar seu smartphone ao invés de beneficiar.

Opte pelos acessórios originais. Eles podem até ser caros, mas vão economizar vários consertos futuros.

 

Principais causas da manutenção de celular

O celular é um aparelho complexo, com vários elementos integrados, o que significa que todo o cuidado é pouco.

Seja no sistema operacional ou na parte física, todos os seus componentes devem ser devidamente cuidado.Muitas pessoas acabam não dando tanta atenção isso e pode acabar gerando problemas bem chatos.

 

Mesmo que o seu aparelho tenha sido vendido com a promessa de ser super resistente, fique de olhos bem abertos.

Proteja com tudo que for necessário e sempre que algo estiver errado, corra para uma assistência técnica de confiança.

 

Manutenção de celular: problemas mais comuns

Quem trabalha com assistência técnica e manutenção de celular, sabe que existem três problemas principais nesta área. Normalmente, esse trio se caracteriza entre: problemas com a tela, lentidão e bateria.

Quer saber o motivo disso? Confira abaixo:

Problemas com a Tela

Sem dúvida nenhuma os problemas de telas são os mais comuns na manutenção de celular.Os aparelhos são mais desenvolvidos como antes, com durabilidade.

Nos últimos anos, todos duram o suficiente para durar até 3 anos, no máximo, e suportar pequenas quedas. Mas, até mesmo nas pequenas podem ocorrer grandes acidentes. E tudo isso por descuido e falta de proteção.

Tome todas as devidas providências para não danificar seu aparelho. Use capas, películas e fique de olho no armazenamento dele. É claro que de vez em quando pode ocorrer algum acidente, mas procure evitar sempre que posso.

Procure um local, de preferência uma assistência, para fazer todo o procedimento de segurança com seu amigo virtual.

E, se por acaso a sua tela quebrar, procure por uma imediatamente. Nada de tentar arrumar sozinho ou com ferramentas inapropriadas.

Lentidão do celular

É normal que depois de um certo tempo de uso o celular comece a trancar e ficar mais lento.Na grande maioria das vezes isso acontece por conta do uso seguido e de constantes instalações, atualizações e remoções de aplicativos.

Lembre-se que todo o celular tem um limite em relação a quantidade de apps. Então nenhum poderá suportar tantos de uma vez. Inclusive, todo o aplicativo passa por modificações conforme o tempo vai passando e cada vez mais eles têm ficado mais pesados.Desta forma, o máximo que um aparelho pode chegar são 3 anos.

Performance

A manutenção do celular pode ajudar muito a melhor a performance dele.Neste processo é fundamental que você passe a remover tudo que não usa mais ou aquelas que estão esquecidas na galeria.

Tudo que você faz no smartphone deixa um tipo de rastro no sistema e por isso é importante remover tudo que não seja usado com frequência.

Em casos como esse, você pode muito bem fazer uma faxina. Inclusive, se precisar, baixe aplicativos próprios para isso.

Já existem programas que fazem varreduras que deixam o seu celular muito mais leve e com o funcionamento bem melhor.

Procedimentos desse tipo ajudam a aumentar um pouco mais a  vida útil do aparelho. Faça isso auxiliado de cuidados de proteção e limpeza para ter seu smartphone por um tempinho a mais.

Problemas com a bateria

Outro fator que causa muita insatisfação dos usuários é a baixa duração da bateria entre as recargas.

Muitas vezes isso é devido à maneira como o usuário utiliza o aparelho. Algumas propriedades e configurações fazem o celular consumir mais bateria, por exemplo o brilho da tela, a opção de vibrar, o uso do WiFi, GPS e Bluetooth, entre outros. Veja aqui algumas dicas sobre como economizar bateria.

Além disso, o fato é que toda bateria tem uma vida útil. É dificil dizer quantos anos ou meses uma bateria dura pois isso depende muito do aparelho, do modelo de bateria e de como o dono usa o celular. Mas sabe-se que após um ano já há uma queda para pelo menos 80% da capacidade inicial.

A boa notícia é que trocar uma bateria não é um bicho de sete cabeças e não é de fato necessário procurar uma empresa de conserto e manutenção de celular para isso, a não ser pela comodidade.

 

Qualquer pessoa pode comprar uma nova bateria em uma loja especializada ou até pela Internet em sites como o Mercado Livre e DealExtreme por exemplo, tomando apenas o cuidado de verificar o modelo de bateria usado em seu aparelho, o vendedor normalmente informa quais são os aparelhos compatíveis com cada modelo de bateria.

Nesse caso o usuário também deve refletir se vale a pena apenas trocar a bateria, provavelmente ao chegar nesse ponto o aparelho também já está mais lento, já não suporta mais os aplicativos como antes e talvez seja mais vantajoso procurar por um aparelho mais moderno.

Outros defeitos

O trio de problemas citado acima podem sim ser considerados os principais problemas de uma manutenção de celular, mas não são os únicos.

Há outras possibilidades que causam muita dor de cabeça para os donos de assistências técnicas. Entre elas estão:

  • Queda do aparelho na água, na areia ou no barro;
  • Problemas com o carregador e com a entrada dele;
  • Problemas com o cartão de memória;
  • Falhas nos microfones e autofalantes;
  • Falhas e arranhões na câmera frontal e traseira;
  • Problemas com a placa interna e no touch scream.

 

Em casos desse tipo, nem sempre há o que se fazer se você não tiver muito conhecimento.Se algo semelhante ou pior acontecer com você, procure uma assistência técnica ou leve até loja onde você comprou o aparelho, caso ele ainda esteja na garantia.

Vale a pena consertar o celular?

Se vale a pena ou não consertar o celular é um pouco relativo e pode depender da realidade de cada um.Caso o seu celular esteja apresentando muitos problemas e já não esteja tão eficiente assim, é aconselhável comprar um novo.Mas, se ele está com pequenos arranhões ou com problemas singelos, um conserto pode sair mais em conta. Claro que tudo isso muda o contexto se você quiser mesmo trocar o aparelho e tiver condições para fazer isso.

Mas, antes de sair adquirindo um novo celular ou consertar o que já tem, pense em alguns aspectos:

  • O celular atual já é antigo? Ele ainda está no período de garantia?
  • Antes dele apresentar problemas, estava suprindo todas as suas necessidades diárias?
  • Vale a pena investir em um aparelho muito caro? Ou da mesma marca?
  • Quanto estaria disposto a gastar em um novo aparelho? E em um conserto?
  • Qual sua condição financeira atual?
  • O conserto a ser realizado irá deixar o aparelho como novo ou ainda há riscos do problema voltar ou não ser resolvido 100%?
  • Quanto vai ficar o conserto? É quase o preço do novo aparelho que deseja?

Analise todas as possibilidades existem quando o assunto for manutenção de celular ou troca de aparelho.

Considere todos os pontos possíveis e pesquise os valores das possibilidades em lojas para fazer um balanço do que é melhor pra você. Veja se você está disposto a pagar por um smartphone que pode custar mais caro do que o seu atual que foi adquirido há 3 anos, por exemplo.

Vale a pena pra você pagar  R$ 1.200,00 reais se a sua tela quebrou e o aparelho não está mais lá essas coisas? Ou será que é mais vantagem pagar R$800,00 reais e ficar relevando pequenos problemas de funcionalidade?

Questione-se e veja o que será melhor para você e o seu bolso. Em alguns casos, um reparo feito em um boa assistência já é o suficiente. Então, pesquise!

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *